segunda-feira, 20 de março de 2017

Quantas saudades ...

Quantas saudade eu tenho de ti meu amor
Do tempo em que te sussurrava docemente
Teu ouvido, o meu porto de abrigo, meu fervor
Onde ouvias as palavras mais lindas, certamente

Sinto que apenas a teu lado existe uma verdade 
Quando nos unimos pelo sentimentos da paixão 
Se é  para ser feliz que seja de cumplicidade 
Porque a felicidade, hoje, mora no meu coração

^.^

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Até o cheiro da rosa me faz delirar

Entre lençóis de linho onde me deito
Com esperança de te ver ao acordar 
Talvez meu sentimento seja respeito
Que sinto por ti, não podes discordar,

Até o cheiro da  rosa me  faz delirar 
Perfume que exala teu cheiro sensual
Não vou te mentir, fazes-me suspirar
Entre os lençóis, és meu sonho casual.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Festas felizes e positividade para todo o Mundo.


Resultado de imagem para imagens de natal

A Administração deste blogue deseja-vos festas felizes. Que o Ano de 2017 seja cheio de positividade, para todo o Mundo.

Saudações festivas.

sábado, 19 de novembro de 2016

Bate o meu coração tão pulsante

Imagem relacionada

Bate o meu coração tão pulsante
Por um ídolo que guardo secretamente
Sua sensualidade é intensa, inebriante
Que me deixa enternecida constantemente

Tua intensidade que em mim faz crescer
A confiança de ter-te no meu coração
Que iluminado, tudo pode acontecer
Bate serenamente tomado pela emoção
.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Vai nu o meu pensamento em tua direcção

    Resultado de imagem para imagens pensamentos nus

    Vai nu o meu pensamento em tua direcção
    Como nua é a aragem que teu rosto beija
    Faz bater minha alma e atiça meu coração
    E os meus sentidos, que teu olhar deseja
    .
    Acredita que o pensamento é determinante
    E leva minha, uma doce e dócil mensagem
    Para que te lembres por um breve instante
    Que és para mim a mais fresca aragem
    .
    Imagino o teu sorriso tão belo, confortante
    Nesse rostro tão carinhoso e contagiante
    Que se insere na azáfama deste momento
    .
    Em que pela tua doçura, me oferece dizer
    Penso em ti qual aragem a fim de arrefecer
    Este desejo de ti que trago no pensamento
    .
    Autor: Nuno Filipe

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Como pegar um corpo desconhecido


Como pegar um corpo desconhecido
Fazendo dele meu enérgico momento
Se apenas o imagino belo, destemido
Tão vibrante dentro do meu pensamento
.
Como pegar um corpo que silencioso
Vive fora do alcance da minha mão
Mesmo querendo esse corpo airoso
Só lhe toco através da imaginação
.
Mas digo-te assim muito baixinho
Que intensamente entre uis e ais
Me dirias cheia de doçura e carinho
Nuno, pára, já não aguento mais
.........
Autor: Nuno Filipe ...

domingo, 13 de novembro de 2016

Chega devagar, fino fogo em labareda


Chega devagar, fino fogo em labareda
Que arde na noção da nobre incerteza
Voz calada de pensamento em queda
De uma voz calada em afoita certeza
.
Nota como o arco-íris o céu ilumina
Em líricos fios luzentes de ausência
Quando o desejo arde e nos ensina
Que a união encalha na transparência
.
De delírio dito na negação constante
De uma convicção negada e sentida
Vem dar luz ao anseio alucinante
De uma verdade que arde, invertida
.
Òh sapiência de quem vez reclama
De um vislumbre de fulgente cena
Quando uma voz imaginária, clama
Dizendo: Não vale mesmo a pena
...............
Autor: Nuno Filipe ...